São Paulo vence, convence e se reabilita na Libertadores

Tricolor joga bem em casa e ganha da LDU-EQU sem sustos, conquistando sua primeira vitória nesta edição do torneio sul-americano.

São Paulo 3×0 LDU, pela segunda rodada do Grupo D da Copa Libertadores 2020 (Foto: Conmebol/Divulgação).

Após perder de virada na estreia para o Binacional-PER na quinta-feira passada, 5 de Março, o São Paulo ganhou por 3 a 0 do time equatoriano em seu estádio na noite desta quarta-feira (11).

Com público de quase 40 mil torcedores, o Tricolor estreou sua nova camisa titular da Adidas para a temporada e também voltou a disputar a fase de grupos da Libertadores no Morumbi, após 4 anos.

Apresentando muita vontade e raça no início do jogo, o gol não demorou a sair. Logo aos 11 minutos, em boa jogada de linha de fundo dentro da área pela direita, o juiz viu um defensor da LDU cortar um cruzamento são-paulino com a mão: Pênalti! O lateral-esquerdo Reinaldo cobrou e abriu o placar a favor do Clube da Fé.

Reinaldo comemora o seu gol em cobrança de pênalti, que abriu o caminho da vitória Tricolor no Morumbi (Foto: Nelson Almeida/AFP).

Um minuto depois, Daniel Alves aumentou a diferença, escorando cruzamento de Reinaldo para o fundo das redes. Com os dois gols de vantagem, o São Paulo desacelerou o ritmo e se acomodou um pouco em campo, fazendo com que o time equatoriano se aventurasse mais no ataque, criando algumas chances à partir dos 20 minutos de jogo. No entanto, as poucas jogadas da LDU foram neutralizadas pela atuação segura da zaga são-paulina, com Bruno Alves e Arboleda que garantiram o 2 a 0 ao término da primeira etapa.

Daniel Alves corre para a Torcida na comemoração do seu gol, o segundo do São Paulo contra a LDU (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net).

No segundo tempo, o Tricolor voltou a pressionar o time visitante. Pablo entrou no lugar de Vitor Bueno, mas ainda não foi dessa vez que conseguiu marcar seu primeiro gol na Libertadores com a camisa do São Paulo. O centroavante desperdiçou as poucas, porém boas chances que teve na partida.

Aos 15 minutos da etapa final, o meia Igor Gomes recebeu ótimo cruzamento rasteiro de Vitor Bueno dentro da área e marcou o terceiro gol do Tricolor. Pouco tempo depois, por contusão e precaução por parte do Departamento Médico do SPFC, o goleiro Tiago Volpi foi substituído pelo jovem Lucas Perri, camisa 23, que fez a sua estreia na competição sul-americana. Igor Gomes também foi substituído, dando lugar ao experiente meia Hernanes.

Jogadores são-paulinos festejam o gol marcado por Igor Gomes, que decretou o triunfo do time do Morumbi por 3 a 0 diante da equipe equatoriana (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net).

Pouco antes do fim, ainda houve a expulsão do meia equatoriano Sornoza, ex-Corinthians, após falta sem bola em Daniel Alves, além de mais algumas boas chegadas do Tricolor Paulista ao ataque. Numa delas, Alexandre Pato carimbou o travessão da LDU, após forte chute cruzado da entrada da área, já nos acréscimos.

Momento da agressão de Sornoza a Daniel Alves, que culminou na expulsão do meia equatoriano (Foto: leianoticias.com.br/Redação).

Fim de jogo: 3 a 0 para o São Paulo e pazes feitas com a vitória e também com a Torcida Tricolor, que vibrou, cantou, aplaudiu e apoiou muito a equipe.

O time do Morumbi volta a campo novamente em casa neste sábado (14 de Março), às 19 horas contra o Santos, pelo Campeonato Paulista. Pela Libertadores, o próximo compromisso será contra o River Plate-ARG, também no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, mas ainda sem data definida, devido ao adiamento preventivo da próxima rodada da competição anunciada nesta quinta-feira (12) pela Conmebol, em função da pandemia mundial de Coronavirus.

Por: Douglas Gomes.

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: