Quem é Tania Casseb?

Quem é Tania Casseb, administradora do Parque da Aclimação?

Tania

Quem é Tania Casseb, administradora do Parque da Aclimação? Tania tem curso de Gestão Ambiental, Política e Gestão Ambiental, Educação Ambiental, Jardinagem e Paisagismo.

Ela participou da luta pelo tombamento do Parque nos anos 1980 e aceitou o desafio de administrar a área, em setembro de 2019, porque acredita que a área poderia ser melhor do que era antes. O que de fato aconteceu: 

Diversas lâmpadas queimadas foram trocadas, bem como grande parte da rede elétrica. As entradas, guias, bancos e portões foram pintados. Conserto de muros quebrados.

O telhado do edifício onde fica a administração e o refeitório foi reformado. A roçagem e manejo arbóreo voltou a ficar em dia com a prevenção de queda de árvores condenadas e podas.

Antes da pandemia, os eventos culturais voltaram a acontecer no Parque, como Dia das Crianças e Aniversário de São Paulo. A rotina de plantios também voltou a ser realizada no Parque. 

“Tivemos dois mutirões de plantio: no primeiro foram plantados 16 exemplares arbóreos, no segundo, nove. O terceiro está programado para acontecer ainda neste mês de novembro, quando serão plantadas 18 mudas. Todos são de reposição, das supressões e quedas, um total de 43. Foi um sucesso, os mutirões são de grande importância, são ações de educativas e de conscientização”, completa a administradora.

Vale ressaltar que quando assumiu, Tania encontrou 38 mudas esquecidas no viveiro e não plantadas. Metade dessas estavam mortas e o Conselho Gestor anterior não sabia da existência dos exemplares e não cobrou a administração da época.

Câmeras de segurança também estão em processo de instalação, assim, devem ser coibidos os crimes de vandalismo e maus-tratos que começaram a surgir, e, caso aconteçam, os criminosos identificados.

Novos hidrômetros foram instalados. Muitos canos foram reparados e os vazamentos, encontrados, o que reduziu bastante a conta de água do Parque. A revitalização do Jardim Japonês também está prestes a terminar. 

Assim como as obras dos playgrounds estão quase prontas, restando apenas o reparo, de responsabilidade da Secretaria do Verde e Meio Ambiente (SVMA), de quatro brinquedos de um dos parquinhos, próximo à área da bocha. Uma horta comunitária também foi criada nos canteiros do mesmo parquinho. Infelizmente, por conta das medidas de prevenção à Covid-19, a criançada não pode utilizar tais equipamentos. 

Com poder público e a comunidade trabalhando juntos por um Parque da Aclimação melhor para todos, a tendência é que a importância da primeira área verde urbana tombada no Brasil seja restabelecida. 

 

Daniel Yazbek

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: