Notícias da Aclimação e Cambuci está nas redes sociais e com novo site

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus, diversos processos estão acelerados, a migração para o meio digital é um deles. A necessidade de manter os cidadãos informados, diminuir o gasto de papel e continuar prestando seu serviço à sociedade faz com que o jornal Notícias Aclimação e Cambuci conquiste seu espaço na internet e reinvente sua forma, agora digitalmente.

O periódico se mantém atualizado para melhor atender seu propósito: comunicar e conscientizar o maior número de pessoas possíveis sobre a realidade do bairro, da cidade e do País.

Recentemente, mudanças importantes aconteceram na estética e formato do veículo. Uma nova diagramação para o jornal impresso foi criada, como a concepção de uma publicação noticiosa quinzenal voltada para o público específico dos condomínios, batizado na redação de Jornal do Condomínio.

No campo digital, uma lista de transmissão via WhatsApp foi feita para informar mais rapidamente sobre a região. O jornal também lançou seu website, onde é possível encontrar um noticiário mais amplo do que é publicado no impresso, uma vez que os espaços virtuais são infinitos. A nova presença nas redes sociais Facebook e Instagram colabora com a renovação.

As redes sociais já são a principal forma de busca por informações utilizada no País. Uma pesquisa encomendada pela Câmara de Deputados e Senado Federal, realizada pela Agência Brasil, mostra que o WhatsApp é a principal fonte de informação dos entrevistados: 79% dizem receber notícias sempre por lá.

Até mesmo os canais de televisão foram deixados para trás, assumindo o posto de segundo lugar onde as pessoas se informam com 50% do total de consultados pela sondagem. 

Em seguida aparecem a plataforma de vídeos Youtube (49%), Facebook (44%), sites de notícias (38%), Instagram (30%) e emissoras de rádio (22%). O jornal impresso foi citado como fonte de informação por apenas 8% dos participantes e o Twitter, por 7%.

Frente a este novo desafio, o jornalista e editor-chefe do Noticías Aclimação e Cambuci, Roberto Casseb declara que é preciso buscar alternativas. “Não se pode dar ao luxo de ficar na sua zona de conforto. É preciso inovar, experimentar, testar e assim as saídas para sobrevivência do jornal local começam a ser desenhadas”, afirma ele.

O jornal mais popular da Aclimação e Cambuci faz 38 anos, conheça sua história de lutas! Tudo começou nos corredores da…

Publicado por Notícias da Aclimação e Cambuci em Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

 

O jornal, que desde 1981 se mantém pela força e união da comunidade em busca de uma vida mais justa, enfrenta mais um período conturbado de transformação. “Resistimos firmes em nossa caminhada por um Jornalismo comunitário que debate e tem posição”, completa Casseb. 

O percurso é longo para consolidação de um projeto editorial, já bem-sucedido na via tradicional, agora na internet. Entretanto a renovação acontece também na equipe de redação do veículo.

O estudante de Jornalismo e encarregado pela confecção do website, Vitor Gomes, conta que as possibilidade aumentam quando notícias são lidas pelo computador ou celular. “É mais dinâmico porque você pode acessar uma outra matéria relacionada ali na hora, seja por links ou pela própria ferramenta pesquisa. O lado prático coisa é que você tem mais informação em menos tempo, à distância de um clique”, conclui ele.

O repórter, que desde 2018 escreve para o jornal, Daniel Yazbek, concorda com seu colega e descreve como é aprender com a atualização. “Antes, no impresso, a matéria seguia um padrão rígido de escrita, formatação, fotografias, sem a possibilidade de publicar vídeos ou realizar correção se necessária. Agora temos um leque de opções, eu ainda estou aprendendo como melhor usar. Mas por exemplo, posso incluir filmagens ou áudios, tenho maneiras de usar mais de uma foto, direcionar para outras publicações, matérias, pesquisas complementares e muito mais”, relata ele.

O projeto busca jovialidade e novos ares, mas mantém a tradição. A lista de transmissão pelo WhatsApp veicula tanto as notícias exclusivas do site, como uma vez por semana o arquivo em PDF (Portable Document Format) do jornal impresso.

Casseb é quem cuida da lista, ele enaltece a importância de lutar pelos espaços virtuais também na política. “Enquanto temos uma chuva de notícias falsas nos grupos de WhatsApp, que visam enfraquecer a ciência e a democracia, ocupamos o mesmo lugar com informação de qualidade”, diz ele em referência às fake news. Uma pesquisa feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta que do total de notícias e informações falsas sobre o novo coronavírus, 73,7% circulam nas trocas de mensagem por WhatsApp, 10,5% no Instagram e 15,8% no facebook.

Daniel entende que Jornalismo e Democracia caminham juntos. Ele é o responsável por cuidar das redes sociais e classifica a mudança como necessária e bem-vinda. “Precisamos nos comunicar com todos, seja de boa formação ou que não estudou, essa é a missão do jornalista. As redes sociais são uma ferramenta valiosa no combate à desinformação. Quando bem utilizadas, aumentam a cidadania, afinal possibilita mais leitores e uma linha de comunicação direta com o público”, detalha.

O Notícias Aclimação e Cambuci continuará sendo o velho conhecido jornal do bairro. Este que tanto orgulha a região na a defesa de direitos e da participação de todos. Agora com mais alcance e parceria, o processo de migração para o meio digital se concretiza como alternativa bem-sucedida pela soberania popular.

Acesse o website www.aclimacaoecambuci.com.br, no Instagram siga @aclimacaoecambuci, no Facebook curta /aclimacaoecambuci e ligue para (11) 3341-0050 ou para o WhatsApp do jornal (11) 94505-4696 e comunique o interesse em participar da lista de transmissão.

 

Da Redação

One thought on “Notícias da Aclimação e Cambuci está nas redes sociais e com novo site

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: