Escolas de SP participarão de atividades para ajudar no combate a dengue

O governo de São Paulo está em campanha nas escola públicas e privadas no combate a dengue, causada pelo mosquito transmissor zika e chikungunya, podem gerar outras enfermidades, como microcefalia e Guillain-Barré, o Aedes Aegypti.

O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas, e consequentemente é a época de maior risco de infecção por essas doenças. No entanto, a recomendação é não descuidar nenhum dia do ano e manter todas as posturas possíveis em ação para prevenir focos em qualquer época do ano.

Divulgação PF/BH

A iniciativas das Secretarias antecede a Semana Estadual de Mobilização contra o mosquito, que ocorre entre 2 e 7 de dezembro e que engajará a sociedade civil, municípios e organizações públicas e privadas para um “mutirão” em SP, focado em controlar a proliferação do vetor.

“Enfrentar o Aedes é uma tarefa contínua e coletiva, visando à prevenção contra doenças que podem aumentar no verão, quando as condições climáticas favorecem a proliferação dos mosquitos. Agradecemos pela colaboração dessas crianças e adolescentes nessa missão, para que todos sejamos multiplicadores de conhecimento e possamos dar exemplo para nossos familiares e amigos”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Dicas de prevenção:

– Caixa d’água: deixe a caixa d’água bem fechada e faça a limpeza regularmente;

– Cuide do seu lixo: material para reciclagem deve ser mantido em saco fechado e em local coberto;

– Plantas: planta com pratinho também é foco do mosquito; use pratos com encaixe ajustado no vaso e o mantenha seco;

– Pneus velhos: descarte pneus usados em postos de coleta da Prefeitura;

– Água parada: descarte ou vire de boca para baixo objetos que acumulam água parada, como potes e garrafas.

Por: Vitor Gomes

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: