Em Defesa do Ginásio do Ibirapuera

Em defesa

Em Defesa do Ginásio do Ibirapuera

Em Defesa do Ginásio do Ibirapuera. Entre os anos de 1954 e 1957 foi construído o complexo esportivo do Ginásio do Ibirapuera com capacidade para 10.200 pessoas inaugurado em sua totalidade em 25 de janeiro de 1957 pelo prefeito Prestes Maia.

Era para ser inaugurado em 1954 para abrigar o Campeonato mundial de Basquete em comemoração ao 4º centenário da fundação da cidade de São Paulo. Entretanto, um grave acidente na obra quase concluída impediu que os jogos acontecessem por aqui e foram realizados no Rio de Janeiro.

A partir dai o conjunto esportivo se tornou referência no Brasil e abrigou centenas de eventos, campeonatos, torneios das mais variadas modalidades.

Foi lá que Muhammad Ali se apresentou, que Rolling Stones e Bob Dylan tocaram juntos, que o Basquete brasileiro teve seus momentos de glória com os maiores jogadores de nossa história. Foi lá que Oscar surgiu para o mundo, que a seleção de Vôlei com Tande, Giba, Serginho e cia. se apresentavam.

Além do Ginásio José de Almeida, completa o complexo, o Conjunto Aquático Caio Pompeo de Toledo, o Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro e o Palácio do Judô. São 95 mil m2 de história que podem virar um Shopping Center, como é vontade do Governo do Estado e do Governador João Doria.

Por lá passaram Gustavo Borges, Cesar Cielo, os judocas Rafaela Silva, Henrique Guimarães e Tiago Camilo, Hortência e Paula do basquete feminino, as meninas do Vôlei. Roger Federer e Rafael Nadal também passaram por lá.

Grandes shows aconteceram por lá com apresentações de Roberto Carlos, Chico Buarque, Tom Jobim, Milton Nascimento, Julio Iglesias, Van Halen, Metalica e New Order e tantos outros.

Para impedir que essa história vire fumaça, dezenas de atletas, ex-atletas, profissionais da área, torcedores, parlamentares e entidades ligadas ao esporte e cultura organizaram um protesto neste domingo, dia 06 de dezembro, desde às 9h da manhã em frente à entrada do Complexo na Rua Manoel da Nóbrega, 1361. É importante essa mobilização e a participação da sociedade.

Defender o Ginásio do Ibirapuera é defender a história de São Paulo. É um patrimônio do povo brasileiro e precisa ser Tombado.

 

Roberto Casseb

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: