Com grande festa, botafoguenses lotam Aeroporto do Galeão para recepcionar Honda

A torcida do Botafogo lotou o Aeroporto Internacional Tom Jobim, conhecido como Aeroporto do Galeão, na tarde desta sexta-feira (7 de Fevereiro), para recepcionar o meio-campista japonês Keisuke Honda, contratado na semana passada pelo time carioca. Com vários cartazes, bandeirões e muitas músicas, centenas de botafoguenses festejaram bastante a chegada do jogador asiático, com direito a provocação ao jogador Gabigol (o Gabriel Barbosa, do rival Flamengo), entoando cânticos exaltando e preferindo Honda.

Foto: Thayuan Leiras/GloboEsporte.com

O voo atrasou cerca de uma hora e os torcedores alvinegros se acumularam cada vez mais no Aeroporto enquanto esperavam ansiosamente pelo Oriental.

O meio-campista de armação tem 33 anos e deverá ser titular no time do técnico Alberto Valentim, já criticado pela torcida botafoguense.

O experiente Honda, que já passou por clubes como Milan-ITA, CSKA-RUS e Pachuca-MÉX virou obsessão entre os torcedores do Botafogo, que fizeram campanha nas redes sociais pela contratação do jogador, com direito até a uma hashtag em japonês para tentar seduzir o craque a jogar no time da Estrela Solitária. E deu certo, pois as negociações se concretizaram.

O nipônico estava no Vitese, da Holanda, onde foi pouco aproveitado e jogou apenas quatro partidas, sendo a última em Dezembro do ano passado.

Pela seleção do Japão, o meia já fez 98 jogos, marcou 37 gols e participou das Copas do Mundo de 2010, 2014 e 2018, deixando sua marca em todas elas. Keisuke Honda é, inclusive, o único jogador Asiático a anotar gols em três Mundiais consecutivos.

Honda chega ao Botafogo quebrando um outro tabu: desde 2014 que o Alvinegro não tinha um jogador de fora da América do Sul em seu elenco. O último havia sido o holandês Clarence Seedorf, que fez bastante sucesso vestindo as cores do time da Estrela Solitária.

Por: Douglas Gomes.

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: