CBF apresenta projeto para Brasil sediar a Copa do Mundo Feminina de 2023

Entidade quer sediar o torneio pela primeira vez na história

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Após o Brasil sediar recentemente grandes eventos, como a Copa de 2014, as Olimpíadas de 2016 e a Copa América de 2019, CBF (Confederação Brasileira de Futebol) quer sediar o Mundial Feminino em 2023, aproveitando a boa audiência e a repercussão que o evento trouxe em 2019 no Brasil e no mundo.

A Confederação enviou para a UEFA uma proposta para sediar o torneio. Além do Brasil outros países também querem sediar a copa, são eles: Austrália e Nova Zelândia em conjunto, Colômbia e Japão. Caso seja eleito, os jogos acontecerão nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Manaus e Brasília.

Em 2023, o mundial será o maior da história, com 32 seleções. A eleição da sede deverá ocorrer no mês de junho, em reunião da FIFA, em Addis Abeba, na Etiópia

Por: Gustavo Oliveira

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: