Caso Daniel: Assassino terá que pagar pensão à filha do jogador

Edson Brittes Júnior, assassino confesso do jogador Daniel (ex-São Paulo) terá que pagar pensão para filha do jogador no valor de 5 mil reais até que ela completa 25 anos.

A juíza Márcia Hübler Mosko, da 3ª Vara de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, decidiu através de liminar. Cabe recurso pela defesa. A menina tem dois anos e sete meses e para garantia do pagamento foi determinado o bloqueio da casa da família Brittes, em São José dos Pinhais.

Foto: Fernando Freire

O pedido foi feito pela mãe da menina, Bruna Larissa Ferreira Martins, que alega não ter condições de manter a filha. Segundo a advogada, Giuliana Pitthan, o valor é uma forma de dar garantias à criança, que era sustentada de forma integral pelo jogador Daniel.

Por meio de nota, a defesa de Edson Brittes disse que não foi informado da decisão. A família do jogador Daniel preferiu não comentar. Brittes está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara.

Fonte: globo esporte

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: