Amazônia e o clima no mundo

Amazônia e o clima no mundo

Amazônia e o clima no mundo
Foto: Marcos Corrêa/PR

Encontro da Cúpula de Líderes em defesa do clima e no combate do efeito estufa, realizado em 22 de abril convocada pelo Presidente americano Joe Biden, teve a participação das principais nações do planeta, incluindo as que mais emitem gases tóxicos no meio ambiente. Todos defenderam o acordo de Paris realizado em 2015, que objetiva a redução do aquecimento global, e se colocaram favoráveis a uma ação firme na defesa do planeta.

Diferentemente do ex-presidente Donald Trump, Biden mudou completamente o entendimento dos Estados Unidos sobre o risco da mudança do clima Voltou a defender o Acordo de Paris e deu a linha do que pode acontecer no futuro. O Presidente Jair Bolsonaro foi o último a falar e durante 3 minutos defendeu tudo o que não fez na última reunião da cúpula, quando seguia fielmente Trump nas suas loucuras.

Dessa vez Bolsonaro falou da importância da Amazônia e da necessidade de defendê-la, apesar dos desmatamentos recordes ocorridos em março passado. Enfatizou a necessidade de ajuda financeira internacional. Joe Biden não escutou o discurso de Bolsonaro.

A importância dessa reunião vem ao encontro de um novo momento da nação mais poderosa do mundo e uma das maiores produtoras de poluição que é os Estados Unidos, a China é a maior poluidora. Essa mudança isola completamente o Brasil no cenário mundial e obriga o Presidente brasileiro fazer uma fala conciliatória, alinhada com o pensamento do novo Presidente americano.

Se Bolsonaro falou a verdade e irá mudar as ações de seu governo em relação à política ambiental, só o tempo dirá. A dúvida é se esse discurso não foi mais uma falácia do Governo Federal. A luta contra o desmatamento, a defesa dos povos indígenas e de todos os biomas da maior floresta tropical do planeta, considerada o pulmão do mundo, é uma luta de todos.

Deixe seu comentário :D

%d blogueiros gostam disto: